A carteira de bolso e sua história

Conhecido pelos franceses como “le porte monnaie”, para os espanhóis como “la cartera”, para falantes do inglês “wallet” e para nós brasileiros “carteira”.

Este item nasceu no início da história da humanidade, devido à necessidade básica de guardar algo, mas desde então evoluiu para um símbolo de status e artigo da moda.

Para muitos um item que parece fazer parte de você, assim como o celular.

Então, a quem creditamos esta invenção e os avanços deste acessório tão necessário no dia a dia?

A resposta pode surpreender você.

Origens da carteira

Não deveria ser surpreendente que a carteira, o mais essencial dos acessórios de uso diário, tenha surgido nos primórdios da humanidade. Os primeiros guerreiros inventaram pequenos pacotes de tecido com cordões, tipicamente amarrados em seus cintos, que eram usados ​​para armazenar deste almoço a moedas.

Essa “tecnologia de ponta” foi uma grande invenção muito antes das cédulas de papel, de fato com raízes do período arcaico.

Os gregos antigos usavam suas carteiras, mas até então chamavam de mochilas, para manter comida e outras objetos pessoais de uma maneira que fosse fácil e conveniente o suficiente para um dia de trabalho.

Logo a carteira não era uma vestimenta ou artigo dos ricos, e sim simplesmente uma lancheira para qualquer pessoa, qualquer trabalhador.

O surgimento da carteira

A palavra “carteira” apareceu já em 1300 e notavelmente em 1609, quando Shakespeare a escreveu na tragédia “Troilus ans Cressida”.

Em 1690 a Colônia da Baía de Massachusetts introduziu o dinheiro de papel no Novo Mundo, mas as carteiras para este uso de papel já tinham sido usadas muito antes, na Europa dos anos 1500.

Tradicionalmente feitos de couro de vaca ou cavalo, e mais parecido com um saco ou uma bolsa do que uma carteira atual, costumavam ter espaços ou bolsos feitos especialmente para cartões telefônicos ou cartões de visitas, uma forma antiga de identificação tipicamente carregada pela elite.

A virada do século

Nos anos de 1800 as carteiras se adaptavam ao ambiente.

Em vez de manter dinheiro ou comida, eram usados ​​principalmente para o tabaco e acessórios para fumar, especialmente na Espanha e na Inglaterra.

Tornou-se a uma cigarreira moderna.

A virada do século marca a mudança para a carteira como nós conhecemos hoje, ou como nós a conhecemos nos últimos 100 anos: um acessório de bolso com a finalidade expressa de levar notas de papel.

Carteira de couro

O couro tinha sido um marco na indústria têxtil desde a Idade Média (e de fato, antes mesmo: um curtume de couro completo foi descoberto no final dos anos 1800, e estudos sugeriram que as técnicas de fabricação de couro datam de 79 dC).

Já com a revolução industrial os artigos de couro tornaram-se mais acessíveis às massas, e novas tecnologias trouxeram novas possibilidades ao couro. O material agora poderia ser tingido, lubrificado e preservado de uma maneira que ampliava as possibilidades dos estilos de carteira.

Carteiras em couro CHESS. Ultra finas #slim
A carteira de hoje e do amanhã

A carteira moderna leva inspirações do passar do tempo. Embora não sejam normalmente usados ​​para armazenar alimentos e carreguem cada vez menos moedas, as carteiras de hoje tem uma enorme variedade de estilos para ajudar a simplificar o dia a dia das pessoas.

Com o crescimento dos materiais artificiais veio a versatilidade na sua fabricação assim as carteiras atuais têm enorme variedade, são laváveis, impermeáveis, de neon, com tons pastéis, estampadas e o mais importante, finas.

Ainda assim, uma carteira de couro clássica nunca sai de moda.

Desde a invenção do cartão de crédito nos anos 50, as carteiras evoluíram para incluir apenas cartões de plástico.

As carteiras com dobra dupla ou tripla foram criadas nas últimas décadas, garantindo que você tenha muitas opções para guardar seu dinheiro e seus pertences pessoais no bolso de trás ou na bolsa.

Porém as carteiras slim são as carteiras do futuro. Projetadas para simplificar ainda mais a vida das pessoas, essas carteiras super finas são 50% mais finas do que a carteira tradicional.

Disponíveis em couro nas cores preta e marrom, as carteiras extra finas da CHESS estão dentro da próxima geração de carteiras.

Carteira de Couro CHESS slim

Depois de uma evolução que começou com moedas e comida e terminou com cartões de crédito, em tempo já aparece as carteiras virtuais e suas criptomoedas, como o Bitcoin.

Vida longa as carteiras.

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Site Footer